Titica diz que “Não me importaria de ser diferente, mas não encontro razões para mudar”


A transexual angolana Titica, em sua página do Instagram postou uma mensagem de superação e ao mesmo tempo tudo indica que tem haver com trabalho que aí vem.
Esta por sua vez tem sofrido muitas criticas desde que assumiu para Angola e o mundo a sua sexualidade.
Mas, esta tem mostrado cada vez mais que é muito mais forte com relação aquilo que as pessoas pensam e dizem dela.
A artista tem despertado muita “inveja” na “mulherada” angolana pela sua boa forma física que esta a cada dia que passa vem mostrando.

Titica

Teca Miguel Garcia, nasceu em Luanda aos 1988.
Mais conhecida pelo nome artístico Titica, é uma cantora, compositora, dançarina e actriz angolana que se tornou um ícone do estilo kuduro em Angola.
Com o sucesso do seu primeiro trabalho como cantora, em 2012 Titica foi indica à categoria ‘Melhor Artista Feminina da África Austral’ do KORA All Africa Music Awards, a principal premiação de artistas da música no continente africano. 
Sendo nomeada “Melhor Artista de Kuduro” do ano de 2011.
Titica, uma das mais exuberantes e amadas cantoras Angolanas.
Referida pela imprensa portuguesa como a Diva do Kuduro, a cantora esteve no país europeu em 2017 para divulgar sua nova música “Docado”, que conta com a participação de Osmane Yakuza.

Postar um comentário

0 Comentários