Noticia: Mulher de 21 anos mata filho de 17 meses e manda imagens ao pai com “emoji” a rir


Christian Clark, jovem de 21 anos de Idade, matou o seu próprio filho de 17 meses e de seguida mandou imagens do corpo  ao pai com “emojis”, a gargalhadas, porque suspeitava que estava a ser traída. O assassinato aconteceu na noite desta terça-feira (01), em  McKeesport,  estado norte-americano da Pensilvânia.


Segundo o JN Portugal, a jovem discutia com o marido por mensagens de telemóvel, aonde disse  ao companheiro que os meninos estavam ao pé dela mas não os queria lá e que por isso ia mata-los, tudo porque suspeitava que estava a ser traída. Logo de seguida mandou fotos ao esposo com vídeos do filho  “André” de 17 meses e “Angel” de dois anos deitados na cama, a menina ainda estava viva, mas o rapaz já tinha sido enforcado.

Depois de cometer o assassinato,  ligou aos serviços de socorro, quando a policia chegou ao local do crime, Christian Clark, não teve receio de confessar as autoridades que matou o seu próprio filho.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.